segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Quando Agimos Deus Reage

Ainda se vier, noite traiçoeira, ainda se a cruz pesada for, ele estará contigo para de pé te por. Ainda que tentem te travar, com ele andarás sem fronteira. Seja firme na fé, Ele pode, e vai te por em pé

Vencer os Obstáculos...

A vida nos criou momentos maravilhosos, precisamos apenas aprender a separá as dores e as saudades... são nestes momentos que nos fortalecemos, e criamos laços duráveis e eternos. São momentos mágicos e divinos, que Deus nos dá força para suportar as adversidades da vida. Deus nos mostra que devemos lutar sempre, com um sorriso que contagie a todos. São nestes momentos que sabemos o quanto somos fortes, o quantos somos capazes de vencer qualquer obstáculos... Deus nos dar nesses dias forças para encontrar o prazer de viver!!

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Jeremias e a Vara de Amendoeira

"Ainda veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Que é que vês, Jeremias? E eu disse: Vejo uma vara de amendoeira. E disse-me o Senhor: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir". (Jeremias 1:11,12) Amendoeira é uma palavra hebraica, "shoked", e significa "vigilante". Esta árvore é da família das rosáceas, de semente oleaginosa, e é a primeira planta a florescer na primavera. É como se ela ficasse vigiando o fim do inverno e o início da primavera, e quando ocorre o equinócio da primavera, a amendoeira é a primeira a brotar! Daí seu nome de vigilante. Deus estava dizendo a Jeremias: Eu sou como a amendoeira que vigia a primavera. Eu estou vigiando para que as minhas palavras se cumpram. E você Jeremias deve aprender a ser vigilante como é a amendoeira. Na simbologia bíblica "vara" significa "pessoa". Em João 15:5 Jesus afirmou: "Vós sois as varas..." Portanto "vara de amendoeira" significa: pessoa vigilante.

Observe O Texto:

"Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás." Eclesiastes 11.1 Esse texto tem lançado muita dúvida sobre sua interpretação, com certeza nos tem algo a passar da parte de Deus. A chave para o entendimento dessa passagem está na palavra "pão". A palavra hebraica traduzida aqui por pão, tem também outros sentidos, um deles é "grão", usado em panificação, dessa forma o texto parece se referir a um antigo costume egípcio que os judeus conheciam bem, que era lançar a semente (grão) sobre as águas do rio Nilo, quando ele transbordava anualmente, dessa forma a semente ficava soterrada no local da cheia, quando as águas do Nilo recuavam àquelas sementes brotavam e davam a colheita devida. Esse texto parece estar sem contexto, mas não está, só esse versículo já dá a ideia de tomar uma atitude para o futuro ou seja, se preparar com pequenas atitudes hoje para colher depois. Dentro do contexto o versículo 2 nos diz que não sabemos o que vai acontecer amanhã, e veja o que diz o versículo 4: "Quem observa o vento, nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará."

Milagre Da Vida

Meu primeiro milagre acontece todas as manhãs quando eu abro os meus olhos e me deparo com a vida,com a batida do meu coração e o ar que respiro dado por Deus. Não sei murmurar, não sei reclamar , depois de receber uma graça tão perfeita, uma dádiva tão linda e uma confiança tão inexplicável que só Deus pode ter com a gente mediante a tantas falhas que cometemos . É com imensa gratidão no coração e alegria, que sempre começo o meu dia .....

sábado, 1 de novembro de 2014

soldados em alerta

Habacuque 2:1 Eu me colocarei sobre a minha torre de vigia; ficarei sobre a fortaleza e vigiarei, para ver o que ele me dirá e o que terei como resposta à minha queixa.

O choro pode durar uma noite, mais a alegria virá pela manhã

Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos. Salmos 126:5-6

terça-feira, 20 de novembro de 2012

CORNÉLIO

Cornélio era um oficial do exército romano. Não só gentio como um sujeito mau. Ele comia a comida errada, andava com o grupo errado e jurou lealdade a César. Ele não citava o Torá nem descendia de Abraão. Incircunciso, comedor de alimentos não-judaicos, impuro. Olhe para ele. Agora olhe para ele novamente. Atentamente. Ele ajudava os necessitados e simpatizava com a ética judaica. Ele era gentil e devoto. “Ele e toda a sua família eram piedosos e tementes a Deus; dava muitas esmolas ao povo e orava continuamente a Deus” (Atos 10:2). Cornélio até mesmo conversou pessoalmente com um anjo. O anjo lhe disse para entrar em contato com Pedro, o qual estava na casa de um amigo a quarenta e oito quilômetros de distância na cidade costeira de Jope. Cornélio enviou três homens para encontrá-lo. Pedro, enquanto isso, estava fazendo o possível para orar com um estômago rosnador. Ele teve uma visão de um lençol que continha alimentos não-judaicos o suficiente para desenrolar os cachos de qualquer judeu hassídico. Pedro recusou completa e resolutamente. “De modo nenhum, Senhor! Jamais comi algo impuro ou imundo!” (versículo 14). Mas Deus não estava brincando com isso. Ele repetiu a visão três vezes, deixando o pobre Pedro em um dilema. Pedro estava pensando nos porcos do lençol quando ele ouviu uma batida na porta. Ao som da batida, ele ouviu o chamado do Espírito de Deus em seu coração. “Eis que três homens te buscam. Levanta-te pois, desce, e vai com eles, não duvidando; porque eu os enviei.” (versículos 19-20). “Não duvidando” também pode ser traduzido por “não faça distinção” ou “não tenha preconceito” ou “descarte toda parcialidade”. Este foi um grande momento para Pedro. Pedro convidou os mensageiros para passarem a noite e saírem na manhã seguinte para se encontrarem com Cornélio. Quando Pedro chegou, ele confessou o quanto esta decisão foi difícil. “Vocês sabem muito bem que é contra a nossa lei um judeu associar-se a um gentio ou mesmo visitá-lo. Mas Deus me mostrou que eu não deveria chamar impuro ou imundo a homem nenhum” (versículo 28). Pedro contou a Cornélio sobre Jesus e sobre o evangelho e, antes que Pedro pudesse fazer o convite, a presença do Espírito estava entre eles, e eles estavam replicando o Pentecostes – falando em línguas e glorificando a Deus. E nós? Ainda estamos meditando no versículo 28: “Mas Deus me mostrou que eu não deveria chamar impuro ou imundo a homem nenhum”. Em nossas vidas, você e eu iremos nos deparar com algumas pessoas rejeitadas. Jogadas fora. Algumas vezes jogadas fora por uma igreja. E nós teremos que escolher. Negligenciar ou resgatar? Rotulá-las ou amá-las? Nós sabemos a escolha de Jesus! Apenas olhemos o que ele fez conosco. Autor: Max Lucado

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

O que a Bíblia ensina sobre a situação dos mortos?

O homem tem tanto um corpo material como um espírito imortal. Ao morrer, o corpo do homem retorna à terra e se consome. Pela fé, o cristão também sabe que quando Cristo retornar, no final dos tempos, nossos corpos ressuscitarão dentre os mortos em estado imperecível e incorruptível. (Estude 1 Coríntios 15 para maiores minúcias.) Ao morrer, o espírito do homem retorna a Deus (Eclesiastes 12:7). Paulo disse que, quando ele morresse, estaria presente com o Senhor (2 Coríntios 5:6-8; Filipenses 1:21-23). Mesmo os espíritos dos homens ímpios permanecem conscientes, sofrendo tormento (Lucas 16:19-31). Muitas pessoas ficam confusas com a palavra "morte". Elas crêem que ela significa aniquilação ou o fim da existência. Contudo, a idéia básica na palavra "morte" é separação. A morte material significa separação do corpo e do espírito. A morte espiritual significa a separação do homem e de Deus. Quando eu morro, eu não deixo de existir, mas de fato minha alma e meu corpo são separados. Assim, aqui está o que a Bíblia diz sobre a situação dos mortos: seus corpos retornam ao pó, aguardando a ressurreição. Seus espíritos estão ou no paraíso, com Deus, ou em tormento, dependendo de seus atos quando estavam em seus corpos.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Filha minha... descanse em Mim! Sim, calmamente fica sob os Meus cuidados,como o pássaro fica no ninho! Porque Eu estou vigiando os teus passos e com amor, tenho cuidado de ti! Não há perigo com o qual Eu não possa competir! Não há inimigo por demais formidável,contra o qual Eu não possa combater! Eu posso ao mesmo tempo, cumprir todos os meus propósitos e estar de pé para guardar-te! Não temas, nem permita que o terror bata à porta do teu Coração! O Meu poder está a tua disposição! Basta você abrir a tua boca e clamar pelo Meu nome! E Eu estarei pronto para te ajudar! Não temas, pois Eu Sou contigo! Não te assombres porque Eu Sou o Senhor teu Deus! E agindo Eu, quem impedirá?" Você tem muito valor, vale o sangue precioso que Jesus derramou na cruz, por que Ele ama muito Você. Amém.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

VEJO A MÃO DE DEUS OPERANDO NO CORAÇÃO DO HOMEM

A Global Medical Research Institute (GMRI), uma organização formada por médicos e acadêmicos, está estudando práticas de cura por meio da oração em nome de Jesus e pela atuação do Espírito Santo. Com a utlização de rigorosos métodos científicos baseados em evidências o grupo que reunir uma documentação com fatos médicos e verdades espirituais sobre cura. A ideia do estudo é do avivalista Randy Clark. Segundo a enfermeira Brenda Jones, membro do conselho do GMRI, a maioria das pessoas e mesmo os profissionais de medicina acreditam no poder curativo da oração. Ela conta que mesmo pessoas não religiosas aceitam que orem por elas. “Queremos provar que Deus está realmente curando pessoas por meio da oração”, diz Randy. Segundo reportagem da Time, 82% dos americanos acreditam no poder da oração pessoal e 64% dos pacientes acreditam que os médicos deveriam orar com aqueles que pedirem por isso. Acima da explicação humana O site do GMRI disponibiliza documentação médica para revisão. Os dados são checados por assistentes sociais e enviados a peritos médicos em Boston, muitos deles filiados à Escola de Medicina de Harvard. A conclusão dos pesquisadores é que muitos casos vão além da explicação médica. Alguns profissionais sugerem que o poder de cura divina realmente se manifesta. O professor da Universidade de Indiana Candy Gunther Brown, que estuda há anos o assunto e lançou o livro Testando a Oração: Ciência e Cura, o assunto está em alta, com um grande número de médicos interessados em saber sobre a oração e seus efeitos. Segundo o site Charisma, “se o GMRI conseguir um bom número de casos positivos, isso irá motivar outras pessoas a se envolver”, diz Brown. Uma dessas pessoas é Cal Pierce, diretor da Associação Internacional de Quartos de Cura. Seu ministério, focado no poder e presença do Espírito Santo, tem o objetivo de levar ministros aos doentes em todo o mundo. Os resultados seriam enviados ao GMRI. “Podemos fornecer informações sobre o que é cientificamente inexplicável”, diz Pierce. A intenção é também providenciar registros médicos que forneçam dados que mostrem a atuação do Espírito Santo. Ele acredita que “mais pessoas vão colocar sua fé na cura pois milagres serão reconhecidos por Deus e pelo homem. ”

MORDOMIA NA VIDA CRISTÃ

2 Coríntios 8:1-11: 1 TAMBÉM, irmãos, vos fazemos conhecer a graça de Deus dada às igrejas da Macedônia; 2 porque, no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade. 3 Porque, segundo o seu poder (o que eu mesmo testifico) e ainda acima do seu poder, deram voluntariamente. 4 Pedindo-nos com muitos rogos que aceitássemos a graça e a comunicação deste serviço, que se fazia para com os santos. 5 E não somente fizeram como nós esperávamos, mas a si mesmos se deram primeiramente ao SENHOR, e depois a nós, pela vontade de Deus. 6 De maneira que exortamos a Tito que, assim como antes tinha começado, assim também acabasse esta graça entre vós. 7 Portanto, assim como em tudo abundais em fé, e em palavra, e em ciência, e em toda a diligência, e em vosso amor para conosco, assim também abundeis nesta graça. 8 Não digo isto como quem manda, mas para provar, pela diligência dos outros, a sinceridade de vosso amor. 9 Porque já sabeis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre; para que pela sua pobreza enriquecêsseis. 10 E nisto dou o meu parecer; pois isto convém a vós que, desde o ano passado, começastes; e não foi só praticar, mas também querer. 11 Agora, porém, completai também o já começado, para que, assim como houve a prontidão de vontade, haja também o cumprimento, segundo o que tendes. Paulo lembra aos irmãos da igreja de Corinto as áreas em que eles eram os melhores em relação às demais igrejas. Mas, ele os aconselha a serem os melhores também em ofertar. O apóstolo mostra àquela igreja que os irmãos da Macedônia eram mais pobres, mas não tinham dificuldades alguma em ofertar. Há um ditado que diz: “A parte mais difícil de converter é o nosso bolso”. Temos facilidade em ir à igreja, ter comunhão com os irmãos e participar de eventos religiosos, até mesmo de devolver o dízimo; mas muitas vezes negligenciamos o ofertar a Deus. O dízimo, conforme o próprio nome diz, corresponde a 10% de nossas rendas. Porém, quanto à oferta, Deus nos deixa livre para dar segundo o que propomos em nosso coração (2 Coríntios 9:7). Vamos seguir o conselho de Paulo e sendo os melhores em tudo. Jesus disse: “deveis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas” (Lucas 11:42). Fátima soares

20 Coisas Impossíveis Para Deus

Talvez já tenha acontecido com você. Você está em uma roda conversando, sendo que alguns ali são ateus. De repente alguém vem com a pergunta: “Deus pode criar uma pedra tão grande que nem Ele mesmo possa levantar?”. A intenção da pergunta é mostrar que Deus não é onipotente. Ou Ele não pode criar a pedra, o que mostra que Ele não pode fazer qualquer coisa, ou Ele pode criá-la, mas não pode movê-la, o que também mostra que Ele não pode fazer qualquer coisa. A pergunta parece não deixar saída, mas apenas confirmar que Deus não é onipotente. A pergunta é bem antiga. Ela tem, pelo menos, 800 anos. E há registros de uma versão semelhante de 1.500 anos atrás. Ela é comumente conhecida como “O Paradoxo da Pedra”. Essa pergunta não prova nada contra a onipotência de Deus. Ela fere os princípios da lógica. A pergunta faz tanto sentido quanto perguntar “Vai chover ontem?”, “É possível fazer um triângulo redondo?” ou “Quanto poder é necessário para fazer 2+2 ser igual a 5?”. Ela mistura duas premissas que não podem existir juntas. Deus pode criar uma pedra de qualquer tamanho. Ele também pode mover qualquer pedra. Mas misturar essas duas premissas em um mesmo universo fere o princípio da não-contradição. Filósofos e Apologetas cristãos têm respondido satisfatoriamente a essa pergunta ao longo dos anos. Ela não é nenhuma ameaça para o poder ilimitado de Deus. Mas a partir dessa pergunta, fiquei pensando em coisas que são impossíveis para Deus. Aqui vai uma lista de 20 coisas impossíveis para o nosso Santo e Todo-Poderoso Deus: 1. É impossível para Deus mentir. - Deus não é homem para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa (Números 23.19a). - Seja Deus verdadeiro, e mentiroso, todo homem. (Romanos 3.4a). 2. É impossível para Deus ser injusto. - Não fará justiça do Juiz de toda a terra? (Gênesis 18.25b). - Deus é fidelidade, e não há nele injustiça; é justo e reto (Deuteronômio 32.4b). - Justos e verdadeiros são os teus caminhos, ó Rei das nações! (Apocalipse 15.3c). 3. É impossível para Deus ser tentado. - Ninguém, ao ser tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo a ninguém tenta (Tiago 1.13). 4. É impossível para Deus deixar de existir. - Antes que os montes nascessem e se formassem a terra e o mundo, de eternidade a eternidade, tu és Deus (Salmos 90.2). - Eu sou o Alfa e o Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, que era e que há de vir, o Todo-Poderoso (Apocalipse 1.8). 5. É impossível para Deus fazer algo mal. - O SENHOR é bom para todos, e as suas ternas misericórdias permeiam todas as suas obras (Salmos 145.9). - O SENHOR é bom, é fortaleza no dia da angústia e conhece os que nele se refugiam (Naum 1.7). 6. É impossível para Deus fazer algo impuro. - Tu és tão puro de olhos, que não podes ver o mal e a opressão não podes contemplar (Habacuque 1.13a). 7. É impossível para Deus não estar em todos os lugares ao mesmo tempo. - Para onde me ausentarei do teu Espírito? Para onde fugirei da tua face? Se subo aos céus, lá estás; se faço a minha cama no mais profundo abismo, lá estás também; se tomo as asas da alvorada e me detenho nos confins dos mares, ainda lá me haverá de guiar a tua mão, e a tua destra me susterá (Salmos 139.7-10). 8. É impossível para Deus negar quem Ele é. - Se somos infiéis, ele permanece fiel, pois de maneira nenhuma pode negar-se a si mesmo (2 Timóteo 2.13). 9. É impossível para Deus não se irar contra o pecado. - Por isso, os perversos não prevalecerão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos. Pois o SENHOR conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios perecerá (Salmos 1.5-6). 10. É impossível para Deus deixar de agir graciosamente para conosco. - Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura não nos dará graciosamente com ele todas as coisas? (Romanos 8.32) 11. É impossível para Deus ser limitado por alguém. - E segundo a sua vontade, ele opera com o exército do céu e os moradores da terra; não há quem lhe possa deter a mão, nem lhe dizer: Que fazes? (Daniel 4.35b) 12. É impossível para Deus ficar cansado. - Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, o SENHOR, o Criador dos fins da terra, nem se cansa, nem se fatiga? (Isaías 40.28) 13. É impossível para Deus ganhar algum conhecimento novo. - Não! Com Deus está a sabedoria e a força; ele tem conselho e entendimento (Jó 12.13). - Grande é o Senhor nosso e mui poderoso; o seu entendimento não se pode medir (Salmos 147.5). 14. É impossível para Deus dormir. - É certo que não dormita, nem dorme o guarda de Israel (Salmos 121.2). 15. É impossível para Deus nos abandonar. - E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século (Mateus 28.20b). 16. É impossível para Deus perder algum dos seus. - Eu mesmo recolherei o restante das minhas ovelhas, de todas as terras para onde as tiver afugentado, e as farei voltar aos seus apriscos (Jeremias 23.3). - Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora (João 6.37). 17. É impossível para Deus deixar de cumprir suas promessas. - Porventura, tendo ele prometido, não o fará? Ou, tendo ele falado, não o cumprirá? (Números 23.19b). - Porque a visão ainda está para cumprir-se no tempo determinado, mas se apressa para o fim e não falhará; se tardar, espera-o, porque, certamente, virá, não tardará (Habacuque 2.3). 18. É impossível para Deus não completar Sua obra em nós. - Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus (Filipenses 1.6). 19. É impossível para Deus ter alguma necessidade externa. - O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas. Nem é servido por mãos humanas, como se de alguma coisa precisasse; pois ele mesmo é quem a todos dá vida, respiração e tudo mais (Atos 17.24-25). 20. É impossível para Deus abrir mão de sua glória. - Eu sou o SENHOR, este é o meu nome; a minha glória não darei a outrem, nem a minha honra, às imagens de escultura (Isaías 42.8). O fato de haver coisas impossíveis para Deus não o torna menos Deus. Pelo contrário! Isso o exalta ainda mais. O único Deus verdadeiro é infinitamente bom, justo e santo. Por causa de sua natureza divina, Ele não faz nada contrário às suas infinitas perfeições. Ele nunca peca, nunca é injusto ou faz algo que não seja santo. Que Deus grandioso nós temos! Que maravilha viver em um mundo governado por um Deus assim! Aí está uma coisa impossível: não adorá-lo.Fatima Soares

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

O TEMPO E O AMOR

O Tempo e o Amor

"Era uma vez, uma ilha onde moravam todos os sentimentos... a Alegria, a Tristeza, a vaidade, a Sabedoria, o Amor ... e muitos outros. Um dia, avisaram para os moradores que ela seria inundada. Apavorado, a Amor cuidou para que todos os sentimentos se salvassem. Todos correram e pegaram seus barquinhos para irem até um morro bem alto.

Só o Amor não se apressou. Ele queria ficar um pouco mais em sua ilha. E quando já estava quase se afogando, o Amor correu para pedir ajuda.

Estava vindo a Riqueza e ele disse: - Riqueza, me leva com você?
A Riqueza disse: - Não posso, pois meu barco está cheio de ouro e prata e não caberá você nele.

Passou a Vaidade e o Amor, então, disse: - Vaidade, me leva com você?
E a Vaidade respondeu: - Não posso, você vai sujar todo o meu barco novo.

Daí, passou a Tristeza e o Amor pediu: - Tristeza, posso ir com você?
E a Tristeza respondeu: - Ah, Amor! Estou tão triste que preciso ficar sozinha.

Passou a Alegria, mas ela estava tão alegre que nem deu ouvidos ao Amor. Já desesperado, achando que ia ficar só, o Amor começou a chorar.

Então, passou um velhinho e disse: - Sobe Amor! Eu te levo. O Amor ficou tão feliz que se esqueceu de perguntar o nome do velhinho.

Chegando ao alto do morro, o Amor perguntou a Sabedoria: - Sabedoria, quem era o velhinho que me trouxe até aqui?
E a Sabedoria respondeu: - Era o Tempo.

E o Amor disse: - O Tempo?
Mas por que só o Tempo pôde me trazer até aqui?

E a Sabedoria respondeu: - Porque só o Tempo é capaz de entender um Grande Amor!"

Autor: Artigo recebido por email

O QUANDO DE DEUS

Quando o sonho se desfaz, Deus reconstrói;
Quando se acabam as forças, Deus renova;
Quando é inevitável conter as lágrimas, Deus dá alegria;
Quando não há mais amor, Deus o faz nascer;
Quando a maldição é certa, Deus transforma em bênção;
Quando parecer ser o final, Deus dá novo começo;
Quando a aflição quer persistir, Deus nos envolve com a paz;
Quando a doença assola, Deus é quem cura;
Quando o impossível se levanta, Deus o torna possível;
Quando faltam as palavras, Deus sabe o que queremos dizer;
Quando tudo parece se fechar, Deus abre uma nova porta;
Quando você diz: não vou conseguir, Deus diz: não temas, pois estou contigo;
Quando o coração é machucado por alguém, Deus é quem derrama o bálsamo curador;
Quando não há possibilidade, Deus faz o milagre;
Quando só há morte, Deus nos faz persistir;
Quando a noite parece não ter fim, Deus faz nascer o amanhecer;
Quando caímos num profundo abismo, Deus estende sua mão e nos tira de lá;
Quando tudo é dor, Deus dá o refrigério;
Quando o calor da provação é grande, Deus dá a sombra da sua presença;
Quando o inverno parece infinito, Deus traz o verão;
Quando não existe mais fé, Deus diz: acredita;
Quando estamos a um passo do inferno, Deus nos dá a direção do céu;
Quando não temos nada, Deus nos dá tudo;
Quando alguém diz que não somos nada, Deus nos diz que somos mais que vencedores;
Quando difícil se torna o caminhar, Deus nos carrega no seu colo."

REFLEXÃO
A meditação acima nos faz lembrar o Salmo 23, que diz que o Senhor é nosso pastor, e que nada nos faltará. É uma mensagem de alento, num mundo, e num momento em que há tantos desenganos, frustrações, sentimento de derrota e abatimento sobre tantas pessoas, mesmo entre muitas que são cristãs.

Nosso Deus é maior que todas as circunstâncias. Há um hino que diz que "se o mar não se abrir", Deus nos fará "andar por cima das águas". Ele nos segura com sua mão onipotente, e nos faz passar por cima das muralhas, por cima das tribulações e aflições da vida, que são inevitáveis. As lutas são o meio pelo qual o Senhor nos faz exercitar nossas energias espirituais; não se vence a batalha espiritual nas academias de educação física; estas podem servir para modelar o corpo, mas a modelação da alma se faz diante das lutas, nos pés do Senhor, em oração e adoração constantes.

Que o nosso bondoso Deus nos ajude a sermos otimistas persistentes, como o profeta Habacuque, que, em meio às vicissitudes da vida, num momento em que o povo estava sem esperança, afirmou: "Porquanto, ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide, e o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantiumento; as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja vacas; Todavia eu me elegrarei no Senhor: exultarei no Deus da minha salvação" (Habacuque 3.17,18).

Autor: artigo recebido por email

sexta-feira, 20 de maio de 2011

O PAPEL DAS MULHERES NO PLANO DE DEUS

         Uma máquina de lavar roupas é uma invenção bem útil, mas faz um péssimo serviço lavando pratos ou cozinhando o almoço. Isto porque a máquina de lavar nunca foi projetada para lavar pratos ou para preparar uma refeição. Foi projetada para lavar roupas, e nesse papel ela é de muito auxílio. Todos reconhecem a necessidade de usar as máquinas da maneira que seus inventores pretendiam. Deus criou a humanidade, e funcionamos melhor quando cumprimos os propósitos para os quais ele nos criou. Deus criou o homem e a mulher separadamente e planejou papéis especiais para cada um. Assim como uma máquina de lavar não cozinha bem, assim não podemos nos sair bem quando tentamos cumprir um papel para o qual Deus não nos projetou. Mas assim como uma lavadora é muito útil para o seu propósito especial, assim tanto os homens como as mulheres podem servir e glorificar a Deus em seus campos de ação dados por Deus.

Limitações


  • No lar

"As mulheres sejam submissas ao seu próprio marido, como ao Senhor.... Como, porém, a Igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo submissas ao seu marido" (Efésios 5:22,24).

"Esposas, sede submissas ao próprio marido, como convém no Senhor" (Colossenses 3:18).

        As mulheres mais velhas sejam orientadas para ensinar as mais novas a serem "…sujeitas ao marido, para que a palavra de Deus não seja difamada" (Tito 2:3-5). "Mulheres, sede vós, igualmente, submissas a vosso próprio marido..." (1 Pedro 3:1). As instruções da Bíblia são claras. As mulheres devem submeter-se aos seus maridos. Essa submissão não indica inferioridade. Mesmo Jesus se submeteu ao Pai, entretanto ambos, Pai e Filho, participam igualmente da natureza divina. Do mesmo modo, esposo e esposa têm igual valor como pessoas, mas Deus ordena que o esposo guie a família. As esposas devem obedecer a vontade de seus esposos em tudo, exceto quando essa vontade contradiz a Palavra de Deus (note o princípio de Atos 5:29).


  • Nas igrejas

"Como em todas as igrejas dos santos, conservem-se as mulheres caladas nas igrejas, porque não lhes é permitido falar; mas estejam submissas como também a lei o determina. Se, porém, querem aprender alguma cousa, interroguem, em casa, a seu próprio marido; porque para a mulher é vergonhoso falar na igreja" (1 Coríntios 14:33-35).

         As mulheres não devem falar na igreja! O tipo de fala que é mencionado nesse contexto é dirigir-se a toda a congregação, tal como é feito por alguém que está dirigindo alguma parte do culto. Paulo não se refere ao cantar junto com toda a igreja, e não se refere às ordens sussurradas a uma criança. Ele também não se refere a uma situação de estudo da Bíblia, do qual participe talvez somente uma certa parte da igreja (note 1 Coríntios 14:23). Mas no culto da congregação, as mulheres não devem falar dirigindo-se ao grupo, nem mesmo para fazer uma pergunta. Mulheres que pregam ou dão testemunho nos cultos de adoração nas igrejas simplesmente desobedecem o mandamento de Deus e devem notar os versículos que se seguem a esse mandamento:
"Se alguém se considera profeta ou espiritual, reconheça ser mandamento do Senhor o que vos escrevo. E, se alguém o ignorar, será ignorado" (1 Coríntios 14:37-38).


  • Em geral

"Quero, entretanto, que saibais ser Cristo o cabeça de todo homem, e o homem, o cabeça da mulher, e Deus, o cabeça de Cristo" (1 Coríntios 11:3).

"A mulher aprenda em silêncio, com toda a submissão. E não permito que a mulher ensine, nem exerça autoridade de homem; esteja, porém, em silêncio" (1 Timóteo 2:11-12).

        A mulher cristã não deve tomar uma posição de liderança sobre os homens, no lar, na igreja, e nem na sociedade em geral. A mulher que se torna pastora de uma igreja, ou ensina uma aula contendo homens, está errada. Alguns tentam limitar esses trechos à cultura do primeiro século. Mas note cuidadosamente que no contexto de 1 Timóteo 2, as razões que Paulo oferece para seu ensinamento não estão limitadas a uma cultura.
"Porque, primeiro, foi formado Adão, depois, Eva. E Adão não foi iludido, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão" (1 Timóteo 2:13-14).

        Paulo baseia seu ensinamento na ordem da criação; o fato de que Deus criou primeiro o homem mostra sua intenção para que o homem seja o guia. Ele também mostra as conseqüências quando a mulher tomou a direção e o homem a seguiu. Eva foi enganada pelo que o tentador disse, isto é, creu em sua mentira. Adão não foi enganado; ele comeu o fruto mesmo sabendo que estava errado. Ele seguiu a orientação de sua esposa. Tanto a criação como a queda ensinam que a vontade de Deus é que os homens tenham a autoridade. Claramente, Deus não quer que mulheres dirijam igrejas!
         A objeção mais comum a esses textos é que Deus deu à mulher talentos que devem ser usados em seu serviço. Isso é verdade, porém esses talentos devem ser usados de uma maneira aprovada por Deus. Nunca é certo violar as Escrituras. Deus, certamente, deu às mulheres muitos talentos e as mulheres cristãs desempenham um papel igualmente útil na obra do Senhor, como o fazem os homens. A máquina de lavar e o fogão são ambos úteis; eles simplesmente cumprem funções diferentes.

O Trabalho das Mulheres


  • No evangelho
        Há muitas maneiras nas quais mulheres podem servir no evangelho. Lucas 2:36-38 menciona que Ana orava continuamente. Nenhuma responsabilidade maior do que a oração existe e as mulheres têm o direito igual ao dos homens a se aproximarem do trono de Deus em oração.


  • As mulheres podem ensinar
        Enquanto não pode ter autoridade sobre os homens, a mulher cristã pode e deve ensinar outras mulheres e crianças (Tito 2:3-5), e se ela mantém um espírito humilde, pode também ajudar os homens a entenderem melhor as Escrituras (Atos 18:24-26). No primeiro século, as mulheres profetizavam (Atos 2:17-18; 21:9), isto é, revelavam a vontade de Deus pela inspiração do Espírito Santo. Débora, no Velho Testamento, era uma mulher bastante procurada por causa de seu sábio aconselhamento. A fé de Timóteo foi atribuída à influência de sua mãe e avó, as quais eram devotas. As mulheres cristãs devem conhecer as Escrituras e serem capazes de mostrar humildemente qual é a vontade de Deus.
         O Novo Testamento ressalta freqüentemente o trabalho que as mulheres faziam, sem especificar exatamente qual era esse trabalho (Romanos 16:12; Filipenses 4:2-3; Atos 1:14; 9:2; 17:12). As mulheres devem trabalhar para encorajar, admoestar e edificar.
         Através do exemplo de uma vida espiritual, as mulheres devem adornar o evangelho de Cristo (Tito 2:3-5). Pedro mostra que as mulheres devem dar mais importância ao caráter interior e menos à aparência externa (1 Pedro 3:1-6). Tanto os homens quanto as mulheres devem ser o sal da terra e a luz do mundo (Mateus 5:13-16). Enfim, mulheres e homens são iguais diante de Deus e ambos têm maneiras importantes pelas quais devem servir a Deus (Gálatas 3:28).


  • No serviço
        Quando lembramos que Jesus disse que o maior no reino de Deus será aquele que serve (Marcos 10:35-45), então parece muito provável que as pessoas maiores no reino têm sido as mulheres. A Bíblia menciona várias mulheres, por exemplo: Dorcas, que continuamente praticava ações de bondade e caridade (Atos 9:36-39); uma Maria que "muito trabalhou por vós" (Romanos 16:6); Febe que servia à igreja de Cencréia (Romanos 16:1-2); e Maria, irmã de Marta e de Lázaro, que ungiu o corpo de Jesus para seu sepultamento (Marcos 14:3-9). A Bíblia raramente menciona mulheres cristãs sem falar sobre suas boas obras (1 Timóteo 2:9-10; 5:10).


  • No lar
        Deus criou a mulher porque viu que o homem precisava de uma companheira (Gênesis 2:18-24). Homens e mulheres são dependentes uns dos outros (1 Coríntios 11:11). As esposas têm responsabilidade especial como donas de casa (1 Timóteo 5:14; Tito 2:3-5). Provérbios 31 fala extensamente sobre a bênção que uma boa esposa é para o seu esposo.
         As mães têm um papel muito importante na educação de seus filhos. É triste que a sociedade moderna desdenhe as mulheres que devotam tempo integral à criação dos filhos e ao cuidado do lar, e exalte as mulheres que dão mais importância às suas carreiras profissionais. Uma esposa e mãe devota está entre as maiores bênçãos que uma sociedade pode ter e devemos criar nossas filhas para desejarem desempenhar esse papel. Timóteo ajudou grandemente os irmãos, no primeiro século, em parte por causa da influência de sua mãe e de sua avó. Ser uma boa mãe é um trabalho especialmente importante das mulheres cristãs (1 Timóteo 2:15; 5:10,14).

Conclusão

         Os homens e as mulheres devem ser igualmente ativos na obra de Deus. Nenhum deles deve fazer o que Deus não lhes atribuiu, mas quando cada um trabalha dentro do papel que Deus ordenou, o nome do Senhor será glorificado e sua obra cumprida.

Autor: Gary Fisher.   Fatima